Tenho uma boa ideia mas não tenho dinheiro para testar ela. E agora?

Indice de Conteudos

Eis que surge uma ideia incrível, maravilhosa e que poderá te render muito se tudo der tão certo quanto você está imaginando. Porém, você não tem o dinheiro para testar o seu produto ou serviço e se certificar de que ele funcionará.

O que fazer nessa situação? Desistir, pegar um empréstimo ou lançar tudo sem realizar o teste e simplesmente “ver no que vai dar”? Será que existem outras saídas?

Com as dicas certas e com um pouco de esforço, essas não são as suas únicas opções! Para te ajudar a testar sua boa ideia mesmo sem dinheiro, separamos algumas informações o orientações valiosas e importantes.

Dessa forma, você poderá evitar altos riscos, dívidas fora de hora e tempo perdido. Leia e confira!

tenho uma boa ideia mas nao tenho dinheiro

Pesquise e conheça o mercado

O primeiro passo para testar sua boa ideia sem dinheiro é fazer uma pesquisa profunda do seu mercado. Isso é, conhecer a fundo o seu nicho e o seu ramo de atuação, como clientes, perfil do público interessado e concorrentes.

Existem tipos de negócios que passam, por exemplo, por épocas sazonais, onde as vendas sofrem um pico em certa época do ano, mas diminuem nos demais. Se o seu interesse de atuação se encaixa nessa área, é importante estudar o que os concorrentes fazem para manter o faturamento nas épocas de menor volume de venda.

As pesquisas podem ser feitas sem gastar nada, você só precisará do público certo e de muita força de vontade para fazer isso acontecer. Se o seu negócio for físico e fixo em uma região, as pesquisas de público alvo podem ser feitas pelos bairros próximos de acordo com o seu perfil de cliente ideal.

Já se a sua atuação se estenderá pela internet, você poderá elaborar pesquisas em páginas, redes sociais ou lista de e-mails direcionados. Para facilitar esse processo, você pode contar com empresas que fazem a venda de dados assertivos e importantes de acordo com seu nicho.

Confira a aceitação real através de lançamentos fantasmas 

No mesmo raciocínio das pesquisas, é possível conferir e verificar qual seria a aceitação real do seu produto ou serviço através de listas de e-mail, páginas nas redes e sites. O mais importante aqui, é saber os dados corretos sobre a sua área de atuação e fazer lançamentos direcionados ao seu público ideal.

Já para o conteúdo, você poderá elaborar algo atrativo que induza o seu público a demonstrar qual seria o interesse em fechar negócio com você. Por exemplo, você pode lançar o seu produto ou serviço para venda antes mesmo de escalá-lo ou produzi-lo.

Caso você faça vendas, precisará correr atrás para realizar as primeiras entregas de pedidos. Desse modo, você terá uma noção se a sua ideia realmente vai te trazer um retorno ou se é melhor fazer ajustes antes do lançamento oficial. 

Apesar do trabalho e da correria, essa é uma forma barata e eficiente de testar a sua ideia antes de investir tudo o que você tem e lidar com as surpresas positivas e negativas que um empreendimento pode trazer.

Esperamos que essas dicas possam ser úteis na hora de te ajudar a tirar as ideias do papel e começar a traçar um caminho de sucesso mais seguro. E para mais dicas sobre carreira e empreendedorismo, continue acompanhando o blog do nosso parceiro Cadastro Empresa!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Quer receber novidades?

Não perca mais dicas e conteúdos gratuitos!