Gamer: Gênio ou Vagabundo?

Como o pensamento de um gamer pode te ajudar na sua vida profissional, independente de qual seja a sua área de atuação?

  • Vagabundo!
  • Nerd!
  • Você vai perder seu tempo!
  • Viciado!
  • Vai fazer faculdade!
  • Você vai perder tudo o que você conquistou!

Estes são apenas alguns exemplos de julgamentos que um gamer pode sofrer…

28% da população mundial jogando games, pessoas que ou se consideram profissionais de jogos ou simplesmente usam isso como hobbie.

Todo profissional que tiver habilidades que o game proporciona, esse profissional está na frente do mercado.

Pessoas que não entendem o que que compõem o jogo, ela olha aquela pessoa no computador e simplesmente pensa que é um vagabundo, que não está fazendo nada de útil. Quando na verdade ela tá dedicando sua vida para aperfeiçoar algum tipo de ferramenta, algum tipo de habilidade para vencer.

Existem várias qualidades e  características que pro jogador de qualquer tipo de jogo é comum, é normal, é como se isso virasse o básico mas, quando você vai para o mundo “real”, você percebe que isso não é comum e que isso realmente te diferencia.

Quando paramos para analisar efetivamente o que torna um gamer bem sucedido, é como se você conseguisse olhar características que definitivamente vão fazer alguém bem sucedido em qualquer área que ela for atuar.

Você como uma pessoa que está buscando os próximos níveis, você tem que estar bebendo de várias fontes, você tem que entender que a sabedoria, a busca pelo próximo nível está nos mínimos detalhes, lugares em que você menos imagina.

campeonato gamer

Tomada de decisão de um gamer

Durante um jogo você tem inúmeras possibilidades de caminhos pra conseguir através de informações incompletas achar a informação correta. Por exemplo um jogador de poker, jogando 12 mesas ao mesmo tempo com inúmeras cartas, inúmeras possibilidades em cada mesa em que nunca há 100% de certeza, assim como a vida, a vida não vai te dar 100% de certeza mas, mesmo assim, você tem que analisar todas as informações que estão ao seu redor, conseguir de forma sã entender o que cada uma significa e a partir disso, em pouca velocidade de tempo, tomar sua decisão.

Quando você faz isso de forma consistente durante o jogo, você está aprendendo que está tudo bem você tomar uma decisão, ela estar errada e em cima desse erro você aprende.

Se você não tomar uma decisão você não anda.

Este tipo de habilidade se masterizada pode levar as pessoas a outro nível de performance.

Ética no trabalho de um gamer

O dia a dia do gamer é focado, em passar de nível e chegar no chefão, passar de nível e vencer o adversário.

É um objetivo claro lá na frente, e com isso ele busca todos os recursos disponíveis pra fazer aquilo, inclusive dedicar sua vida pra melhoria constante.

Quando você traz esse approach para a vida profissional, você se diferencia de grande parcela da população. Porque as pessoas não estão focadas nisso, elas estão focadas em fazer o seu trabalho no automático e acabou. Já o gamer está fazendo o trabalho dele, e nas horas vagas ele está buscando melhorar o trabalho dele, porque ele está num processo muito claro de melhoria contínua.

Todos os hobbies, todas as formas de encarar o mundo, é sobre uma ótica de: como eu melhoro minha arte, como eu melhoro pra atingir o resultado que eu quero.

Se os profissionais de hoje em dia tivessem esse tipo de approach, de perspectiva,  pra vida, pra sua profissão, o mundo seria diferente. As pessoas estariam entregando algo excelente de forma mais consistente.

Curiosidade de um gamer

Este é um ponto super interessante da mentalidade de um gamer, ele é extremamente curioso sempre.

E para ter essa curiosidade você precisa ter consciência que você é um principiante, ter uma mentalidade de iniciante.

Estar constantemente dizendo: “não adianta eu me iludir, pensar que eu sei o que eu não sei, achar que vou conseguir vencer, na hora do jogo ou você ganha ou você perde, e quando você encara isso você percebe que você precisa evoluir.”

O mercado de trabalho muitas vezes está rodeado por ego, pessoas que acreditam que são muito fodas e não buscam ajuda.

O gamer pelo contrário está sempre buscando ajuda, seja com amigos mais experientes, fóruns e outros meios.

Nenhum gamer tende a achar que sabe mais que os outros, você não precisa saber tudo, você tem que conhecer o real problema e a partir disto buscar uma solução.

Seja através de uma pessoa, seja através de um livro, seja através de um vídeo, mas, estar no jogo da busca de conhecimento.

E assim você evolui e entrega o resultado que você quer entregar.

Competição + Diversão de um gamer

O gamer entende a competição de uma forma diferente, ela vem rodeada de diversão e rodeada de respeito.

Não é sobre ego mas, sobre te respeito.

Mindset de abundancia.

A competição se torna uma ferramenta de evolução.

 

 

 

 

 

Add Comment